Turbine seus conhecimentos!

RH estratégico: entenda como a tecnologia é uma aliada

Maximizar a eficiência de qualquer processo de gestão é vital para manter a competitividade de uma empresa no mercado. Mesmo com um serviço de qualidade, ainda é bem difícil garantir um preço acessível e bons lucros se os processos administrativos são caros e ineficientes, em especial no que diz respeito à gestão de pessoas.

Por isso, é muito importante ter a atuação de um RH estratégico, que maximize a eficiência dos processos internos. O auxílio para o aumento da qualidade pode vir de várias formas, mas a tecnologia, de fato, é considerada a melhor ajuda possível. Por exemplo, quando se trata de coordenar equipes grandes com deslocamentos por toda a cidade, meios tradicionais de controle podem não ser suficientes.

No post de hoje, mostraremos ações para um setor de RH estratégico, que utilize recursos avançados com muito mais eficiência. Acompanhe!

1. Como é a atuação do setor de RH

A área de Recursos Humanos de uma empresa é conhecida por lidar com o recrutamento, a avaliação e a capacitação de todos os seus colaboradores. É a partir desse setor que os demais são nutridos com membros de equipe qualificados.

Por muito tempo, ele era diretamente atrelado ao Departamento Pessoal, responsável por coordenar horários, fazer pagamentos e receber a documentação dos funcionários. Isso acabou estigmatizando o RH como um segmento de burocracia, quando, na verdade, esta é apenas uma das suas camadas.

De forma geral, a área de Recursos Humanos é dividida em três partes:

  • RH operacional: ligado à administração de pessoal, coordenação direta das equipes e outras atuações mais práticas;
  • RH tático: focado no desenvolvimento de capacidade. É aquela parte que promove ações para melhorar o desempenho da equipe, evitando erros e desperdícios;
  • RH estratégico: lida diretamente com o capital humano, decidindo em que parte da empresa investir os recursos para que haja o melhor rendimento possível.

A boa atuação desse setor envolve uma coordenação eficiente entre essas três partes. Não basta fazer uma contratação operacional e deixar o processo de lado. É importante ter uma postura ativa, sempre avaliando o desempenho e buscando formas de melhorá-lo. É aí que entra a tecnologia.

2. Vantagens da tecnologia para o RH estratégico

2.1. Facilidade para integrar informações

Uma das funções mais úteis de toda ferramenta de gestão é a agenda compartilhada. Trata-se, simplesmente, de uma linha do tempo com as tarefas de todos os membros da equipe. Essa apresentação de informações facilita uma atuação conjunta, mesmo que todos os colaboradores estejam espalhados.

Para a gestão de custos, por exemplo, isso significa que o RH saberá exatamente o que, onde e quando cada colaborador está fazendo, mediante informações concentradas em um sistema único. Com isso, evitam-se conflitos de dados e retrabalho com conferências, otimizando o tempo de todos os gestores.

Não apenas as equipes de RH ganham, mas também os colaboradores, que não precisam se preocupar com burocracias. Por exemplo, ao acessarem um sistema de gestão de táxis, o pagamento é faturado, evitando transtornos com recibos perdidos ou prestação de contas no caso de receber valores adiantados.

2.2. Facilitar a avaliação de desempenho da equipe

O uso da tecnologia tem como objetivo, entre outras coisas, acompanhar a atuação de todos os colaboradores. Digamos que alguma equipe tem causado perdas em parte de seu lucro, mas você não sabe por quê.

Softwares de gestão e coleta de dados podem apontar que o problema está, por exemplo, em uma má administração de horários, prejudicando a produtividade.

Uma boa atitude do RH estratégico, nesse contexto, seria rever as atividades do seu capital humano. Assim, a qualidade do trabalho aumenta e os lucros voltariam ao patamar normal.

2.3. Oferecer dados precisos para a tomada de decisões

No exemplo anterior, falamos sobre uma forma de atuação dos colaboradores e de que maneira isso afetou o desempenho da empresa. Mas só foi possível descobrir que esta era a causa graças aos dados coletados pela tecnologia. Essa informação é o que baseia todas as decisões tomadas em relação à equipe, dando maior segurança à gestão.

O RH estratégico, assim como qualquer parte da empresa, não pode atuar sem uma base mínima de dados. Realizar grandes mudanças e alocações de capital sem saber quais serão os possíveis resultados quase sempre causa perdas elevadas.

2.4. Capacidade de gestão ampliada

Antigamente, uma equipe inteira era necessária apenas para fazer atualizações de cadastros, registros de documentos, checar táxis contratados para reembolso e conferir certos dados arquivados. Porém, com o crescimento dos sistemas de armazenamento em nuvem e automatização de vários processos, agora é possível compartilhar informações e poupar a equipe do trabalho burocrático.

Isso significa que uma pequena quantidade de funcionários pode coordenar um time bem maior e mais disperso, com detalhamentos eficientes sobre diversos pontos — o deslocamento das equipes, por exemplo. E como não haverá tantas tarefas operacionais, existe espaço para a atuação do RH estratégico.

2.5. Possibilidade de capacitar seus colaboradores

Já mencionamos que a capacitação é uma das tarefas mais importantes do setor de Recursos Humanos. Com o auxílio da tecnologia, tais treinamentos podem ser feitos com maior eficiência. Um exemplo comum é a criação de videoaulas e tutoriais interativos na plataforma da empresa. Além de reduzir os custos de tempo e dinheiro com aulas presenciais, também permite que o conteúdo esteja sempre disponível.

A atuação do RH estratégico, portanto, tem a ver também com o investimento nesse tipo de educação.

2.6. Redução dos custos de administração

Por fim, o RH estratégico também atua na redução de custos da empresa. Saber onde alocar funcionários para que rendam mais é uma tarefa bem importante. E o mesmo vale para a atuação interna do setor, que deve achar formas rentáveis de atingir as suas próprias metas.

Como o sistema de gestão para RH estratégico agiliza a maior parte dos processos e exige menos funcionários para cumprir as mesmas tarefas, isso significa que o custo final será reduzido. Ter os fornecedores certos e um maior controle dos gastos, a fim de cortar custos desnecessários, significa ter recursos para investir em outros setores mais rentáveis.

3. As melhores tecnologias para o RH estratégico

Para encerrar o post, vamos apresentar 5 ferramentas que o profissional de RH pode usar no seu cotidiano de trabalho a fim de desenvolver uma atuação mais estratégica.

Todas elas são tecnologias que já estão disponíveis no meio corporativo e se tornam cada vez mais acessíveis. Portanto, estamos falando de ferramentas com implementação totalmente viável no seu negócio. Vamos ver quais são elas?

3.1. Sistema ERP

O sistema ERP é a primeira ferramenta da nossa lista porque nem pode mais ser considerada opcional. Se você ainda não tem um desses em sua empresa, é praticamente certo que está perdendo na corrida contra os seus concorrentes. Especialmente porque o ERP não é exclusivo de RH, mas um recurso para otimizar a gestão de todo o negócio.

O ERP (Enterprise Resource Planning) é um sistema informatizado que integra informações de diferentes setores da empresa: comercial, financeiro, produção, logística e, claro, Recursos Humanos também.

Dizemos que esta é uma ferramenta estratégica porque ela permite que o gestor tenha uma visão abrangente do negócio em seus vários aspectos, o que favorece uma tomada de decisão focada nas metas.

Nesse contexto, faz toda a diferença ter acesso a informações sobre a equipe. Com apenas alguns cliques, é possível ver quantos são os colaboradores, quem são eles e há quanto tempo estão trabalhando na empresa, além de verificar o seu histórico e desempenho.

3.2. Ferramenta de recrutamento online

O recrutamento é uma tarefa muito importante para o setor de RH. Pena que também seja uma das atividades que mais consomem tempo — e nem sempre nos processos estratégicos.

Existe, sim, muita burocracia envolvida no recrutamento. Felizmente, com uma ferramenta online, é possível automatizar essas etapas e concentrar esforços naquelas que valem mais a pena.

Por exemplo, com a ferramenta de recrutamento online, o gestor e a equipe de RH podem filtrar currículos de acordo com critérios pré-estipulados, sem precisar ler um por um. Outra possibilidade é aplicar testes iniciais, feitos pelos candidatos pelo computador. Eles geram uma nota automática, o que permite peneirar e seguir em frente apenas com os profissionais que apresentaram melhor resultado.

Graças a esse tipo de funcionalidade, você fica com mais tempo em mãos para as entrevistas ou dinâmicas. Essas são as etapas cruciais, em que é possível avaliar os candidatos por seu comportamento e seus valores. Portanto, do ponto de vista estratégico, faz todo o sentido que sua equipe foque nesses processos, automatizando os outros.

3.3. Big data Analytics

Uma empresa precisa saber o que seus colaboradores estão fazendo e dizendo online. Na verdade, deve até saber de que maneira os candidatos a uma vaga se comportam na internet, antes de se decidir pela sua contratação. Afinal de contas, se um funcionário estiver ligado a uma postura inadequada na rede — como fazer comentários ofensivos ou postar fotos impróprias —, isso pode denegrir a imagem da marca.

No entanto, como você deve imaginar, é inviável monitorar todas as ações virtuais de cada membro da sua equipe. Seria preciso contratar outros colaboradores só para executar essa tarefa! A menos, é claro, que você adote uma ferramenta tecnológica voltada a Big Data Analytics.

Big Data é um termo da Tecnologia da Informação que se refere a conjuntos de dados com alto volume e complexidade. Analytics é a análise desses conjuntos. Simplificando muito, o que essa ferramenta faz é gerar, organizar, armazenar e analisar uma enorme quantidade de dados. Assim, você consegue obter a informação relevante de que precisa sem ter uma fração do trabalho.

3.4. Redes sociais

Vimos que, por um lado, o que seus colaboradores colocam na internet pode ser perigoso para a empresa. Mas, por outro, o próprio empreendimento precisa se posicionar online.

Pense bem: todo mundo está lá! Quem não usa a internet hoje em dia? Ficar de fora do ambiente online é como voluntariamente escolher abrir sua empresa longe da rua mais movimentada da cidade. Você perde visibilidade e, claro, isso atrapalha os negócios.

Então, se quiser colocar a sua empresa na internet, as redes sociais são a melhor opção. E elas não são importantes apenas para o marketing. Na verdade, também são uma ferramenta essencial ao RH.

Você deve fazer com que suas redes sociais mostrem ao grande público por que é bom trabalhar na sua empresa, qual é a cultura empresarial, como o empreendimento se posiciona em relação a questões sociais e ambientais e assim por diante.

Dessa forma, é possível atrair mais profissionais com um perfil compatível com o da organização. Esse é exatamente o tipo de colaborador que você precisa recrutar para alavancar o negócio.

3.5. Aplicativos corporativos

Este é o último item da nossa lista, mas está longe de ser o menos importante. Na verdade, os apps corporativos têm alto potencial estratégico, por um simples motivo: eles são o tipo de ferramenta de implementação mais fácil. Basta instalar, fazer um cadastro e pronto. Dificilmente você vai precisar de muito planejamento, treinamento ou análises financeiras para adotar essa solução.

Um exemplo bem interessante é o app de táxi, que permite desburocratizar o transporte de colaboradores de um dia para o outro. Não é mais necessário fazer cotação de empresas, criar agendas para controlar as viagens, solicitar relatórios de reembolso e cópias de notas fiscais ou gastar o tempo da equipe financeira calculando e analisando os gastos. Imagine tudo que os colaboradores poderão fazer com o tempo economizado nessas atividades!

Como você viu, existem várias ferramentas tecnológicas excelentes para aperfeiçoar o trabalho do RH e tornar sua atuação mais estratégica. O sucesso dessa empreitada depende apenas de escolher as melhores opções para o perfil e as necessidades da sua empresa.

 

Compartilhado de: 99Corp Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *