Turbine seus conhecimentos!

5 empresas que gamificam

Com o mercado corporativo cada dia mais competitivo, as empresas sabem da necessidade de treinar, capacitar, desenvolver e engajar seus funcionários para atingir seus objetivos. Além dos treinamentos presenciais tradicionais, muitas empresas agora estão investindo também em treinamentos por aplicativos que usam a mobile learning e a gamificação.

Escrevemos um artigo sobre gamificação explicando que ela nada mais é do que unir o engajamento proporcionado pelos games à necessidade de educação e capacitação de escolas e empresas com seus clientes e funcionários.

O engajamento e desempenho da equipe de trabalho é fator necessário para evoluir nos negócios, aumentar o faturamento e atingir os objetivos. As empresas ainda sofrem nessa árdua tarefa de manter seus funcionários engajados, mas a utilização dos games está ganhando cada vez mais presença corporativa por auxiliar as organizações nesse sentido.

São inúmeras empresas que já colhem os frutos da gamificação com o uso de aplicativos e outras soluções tecnológicas. Veja alguns exemplos:

Gerdau

Uma das maiores empresas no segmento de aços do mundo, utilizou a gamificação para promover treinamentos em segurança por meio da realidade virtual em todas as suas unidades espalhadas pelo mundo. A campanha foi lançada no dia 28 de abril de 2016, em comemoração ao Dia Mundial da Segurança e contou com a participação de 2.500 funcionários em apenas uma semana.

Gerdau1

O usuário coloca o óculos que o insere em um pavilhão industrial com máquinas, empilhadeiras e andaimes. Ao caminhar ele deve ir identificando situações de riscos e classificar em alto, médio e baixo o grau. Ao chegar na saída do pavilhão, o usuário recebe um feedback que indica os riscos que não foram identificados e se os riscos classificados recebem o grau certo da potencial severidade.

“Com a atividade nós tivemos a oportunidade de identificar de forma lúdica e bem próxima do real situações com potenciais de risco. Foi uma dinâmica divertida, que gerou entre os colegas uma competição sadia de quem se saia melhor no treinamento”, comentou Eduardo Justo Dias, Gerente de Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade da Gerdau de Cosigua.

Banco Santander

Utilizou o aplicativo BRAVI/quiz para propagar seu conteúdo, estimular a capacitação, desenvolvimento, engajamento e interação entre as equipes de vendas em eventos realizados com as regionais do Brasil.

As equipes das regionais tiveram a oportunidade de testar seus conhecimentos e, melhor que isso, aprender jogando. A retenção do conteúdo é um dos principais benefícios do aplicativo. Ao final dos eventos, os primeiros colocados no ranking foram premiados.

Santander

“Em 25 anos de mercado financeiro não lembro de ter presenciado um formato de aprendizado para questões básicas e importantes tão eficiente para larga escala. Em curtíssimo espaço de tempo tivemos muitas pessoas engajadas, divertindo-se, colaborando enquanto se desenvolviam de forma robusta”, comentou Paulo Rogério da Silva, Superintendente Executivo da Rede Sul do Santander.

Todeschini

Uma das franquias da empresa que fabrica móveis planejados usou a gamificação para estimular o time de vendas a conseguir mais pedidos de orçamentos.

Todeschini

Em menos de 3 meses que a empresa gamificou, o número de pedidos de orçamentos cresceu 18% e o número de novos clientes em relação ao ano anterior foi de 19%.

Ford Motor

A montadora de carros estava com dificuldades para fazer com que seus colaboradores acessassem o portal da empresa de e-learning. Assim, com a gamificação, disponibilizou jogos com o objetivo de auxiliar as equipes de vendas, assim eles puderam conhecer melhor os novos modelos de carros, financiamentos, tecnologias, entre outros.

ford canada

Após o uso da gamificação, a Ford registrou um aumento de 417% no uso dos portais, melhores vendas e uma maior satisfação dos clientes.

Walmart

A maior rede de supermercados do mundo está treinando seus funcionários com aplicações de realidade virtual. Após receberem o treinamento teórico, os funcionários são testados em situações práticas. O objetivo é perceber o quanto do conteúdo foi assimilado e como será o comportamento em situações reais.

Inicialmente a empresa implementará os óculos de realidade virtual nos 200 centros de treinamentos dos Estados Unidos e, conforme for o resultado, poderá expandir para outros países.

walmart-vr-training

Que tal seguir o exemplo dessas empresas e alavancar os resultados do seu negócio?

Se você quiser saber mais sobre a nossa solução, o BRAVI/quiz, acesse o link e solicite uma demonstração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *